Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Noticiar a Região do Ribatejo

"Noticiar a Região do Ribatejo" é um blogue de notícias da região do Ribatejo

Noticiar a Região do Ribatejo

"Noticiar a Região do Ribatejo" é um blogue de notícias da região do Ribatejo

Branca - 5ª Noite de Fados

04.03.18 | noticiar

A 5ª Noite de Fados da Branca realiza-se, dia 10 de março, a partir das 20:00 horas, no Centro Social da Branca, na localidade da Branca, concelho de Coruche.

Os fadistas que irão atuar são Casemira Alves, Madalena Gil, Paulina Mirão Silva, Elias Santos, Sofia Ferreira, e Elvira Roldão, acompanhados na guitarra portuguesa por Nuno Ezequiel, e na viola por Alexandre Silva.

O evento contempla jantar, sendo as entradas gratuitas para crianças até aos 9 anos.

A data limite das reservas é este domingo, e estas devem ser efetuadas através do contacto 933 490 876.

Santana do Mato - Jantar do Dia da Mulher

04.03.18 | noticiar

 

cartas jantar do dia da mulher.jpg

O Clube Motard Clássicas de Santana do Mato orginza um jantar do Dia da Mulher, dia 10 de março, a partir das 19:30, no Centro Social de Santa Ana do Mato, em Santana do Mato, concelho de Coruche.

Muitas surpresas estão preparadas apara as mulheres, que serão servidas por homens.

O jantar contaré com música, com o saxofonista David Carrapo.

As inscrições devem ser realizadas no Café Vademar, na Junta de Freguesia de Santana do Mato, ou através dos contactos: 933 928 884 / 934 029 749 / 934 231 401.

O jantar conta com os apoios da Junta de Freguesia de Santana do Mato, e da Associação Cultural, Desportiva, Social e Recreativa de Santa Ana do Mato.

Alcanena – Exposição de Pintura “As Candeias”

04.03.18 | noticiar

A exposição “As Candeias”, de Fernanda Narciso, será inaugurada, dia 10 de março, pelas 16:00 horas, na Galeria Municipal Maria Lucília Moita (Casa da Cultura), em Alcanena.

A exposição de pintura integra-se nas comemorações do Dia Internacional da Mulher que se assinala a 8 de março.

 

Fernanda Narciso

Fernanda Narciso nasceu em Santarém, em 1957. Estudou na Escola Ginestal Machado, onde foi aluna do professor Américo Marinho em Pintura e Desenho. Na época de 80, frequentou o I.A.D.E e estudou pintura com o professor Espiga Pinto e História de Arte com o professor António Quadros. Frequenta também o Arco, onde é aluna de José Mouga, em Desenho, e de Manuel Costa Cabral, em Pintura. Mais tarde, tira o curso de Artes dos Tecidos, na Escola de Arte António Arroios, com o professor Lima de Freitas. Cria o seu próprio atelier.

 

Em 2001, expõe no Brasil, em S. Vicente, “A Descoberta”, exposição baseada na Carta de Pêro Vaz de Caminha. Esta exposição volta a ser exposta em 2002, na Polónia, na cidade de Slupsk. Uma das telas desta exposição foi adquirida pelo Museum of Central Pomerania.

 

Em 2007, como membro da Fundação klub Plastyka Stefana Morawskiego, em Slupski Polónia, cria um projeto de criação de instalações artísticas, ao qual chamou “Woman Box”. Nesse mesmo ano, ganha o prémio Morawskiego, com a instalação “a Espera”. Desde então, tem desenvolvido o seu trabalho sobre vários temas, com destaque para os seguintes: Coisas de Mulheres; O Caminho; As Criadas, expostas no Teatro Experimental de Cascais, no ciclo de teatro de Jean Gennet; As Paredes; Os Bichos e, atualmente, As Candeias. 

 

Tem exposto tanto em Portugal como Estrangeiro. As mais importantes exposições foram em Inglaterra, Polónia, Espanha, Alemanha, Bielorrússia, França e Brasil.

 

As Candeias – Sinopse

Os insetos à volta das candeias de azeite são os primeiros a conhecerem o poder das palavras.

Avó, acreditas em Deus? Claro que sim e no canto das sereias, na dança dos anjos, na coragem dos pintores, no encantamento da música, e nas palavras dos poetas. São tudo obras com muita luz, com luz própria.